Início > Cérebro > Como é viver sem cerebelo?

Como é viver sem cerebelo?

agenesiacerebelarPra quem perdeu o caso que rodou o mundo dias atrás, aqui vai uma breve revisão. Este ano, na China, foi diagnosticado um novo caso de paciente viva sem cerebelo. Oi?? Cerebelo?? Ok, vamos com calma.

Em latim, a palavra cerebelo significa “pequeno cérebro“. Para os poucos familiarizados, o cerebelo tem um importante papel no controle dos movimentos e equilíbrio corporal, além de papel no controle da fala, de movimentos respiratórios, aprendizado motor e algumas outras funções cognitivas superiores. Para ter controle de tudo isso, o cerebelo recebe inúmeras conexões e envia outras muitas conexões por todo o sistema nervoso. Para termos uma ideia, um único neurônio no cerebelo recebe aproximadamente 100.000 conexões de outras células. São muitos contatos, não? Mas muito ainda há de ser desvendado sobre os mistérios do “pequeno cérebro”.

Pois vamos ao caso. Tudo começou quando uma paciente, uma mulher de 24 anos de idade deu entrada no hospital se queixando de tontura, náuseas e vômitos quem vinham ocorrendo por 1 mês. Só pra constar, essa mulher é casada, tem uma filha, seus pais não possuem histórico de doenças neurológicas e seus 5 irmãos são descritos como “neurologicamente normais”.

Um breve relato da vida da paciente descreve que ela foi capaz de ficar em pé sozinha somente com 4 anos de idade e andar completamente sozinha com 7 anos. Ela nunca conseguiu correr ou pular, e sua fala era praticamente incompreensível até antes dos 6 anos de idade, por isso mesmo ela nunca foi pra escola. A paciente possui uma voz trêmula. Quando os médicos pediram para que ela tocasse a ponta do nariz com o dedo indicador, a paciente demonstrou dificuldades com a tarefa (sim, esse teste “bobinho” é muito usado na medicina para saber se o paciente consegue saber a posição exata do seu nariz em relação ao seu dedo, em outras palavras, serve para detectar falhas na coordenação motora). A sua marcha é um pouco instável e lenta. A cavidade do crânio que seria preenchida pelo cerebelo hoje é ocupada por líquido cérebro espinhal, ou líquor. Acima pode ser vista uma imagem de ressonância magnética da paciente (a esquerda) e de uma pessoa com cerebelo (a direita). Os exames médicos indicaram que a pacience possui um leve retardo mental, mas que o seu cérebro não apresenta nenhuma complicação, sendo considerado normal tanto o cérebro quanto a medula espinhal.

O que é de intrigar a medicina é, como que com tantas funções importantes uma pessoa consegue viver sem cerebelo. Geralmente as crianças nascidas sem cerebelo não sobrevivem. Pois essa é uma pergunta que todos nunca teremos resposta. Ou melhor, a melhor resposta é: mistérios do cérebro! Muitos dos que sobrevivem possuem complicações mentais, epilepsia, hidrocefalia e outras lesões em outras partes do cérebro. Os médicos descrevem esses casos como agenesia cerebelar, que nada mais significa do que a ausência parcial ou total do cerebelo. Existem hoje mais oito casos descritos na literatura semelhantes a esse.

O cérebro é tão maravilhoso que consegue compensar a falta de um pedaço seu aumentando o número de conexões entre os neurônios que estão presentes, fazendo novos circuitos que irão desempenhar as funções dos circuitos que foram perdidos.

 

Um abraço.

 

Fonte:

Mark F. Bear, at al. Neuroscience – Exploring the brain – Third Edition.

Hal Blumendelf. Neuroamatomy through clinical cases. 2002.

Kandel – Principals of neural science. 4th Edition, 2000.

Yu et al. A new case of complete primary cerebellar agenesis: clinical and imaging findings in a living patient. Brain, 2014.

 

Se gostou do que leu, compartilhe 😉

Anúncios
  1. 05/03/2017 às 22:56

    O meu bebê tem 8 mês , e tá com esse mesimo poblema falta pouco menos de 30 dias pra ele nascer…deus está preparando uma Vitória pra ele…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s