Início > Sono > Prevenção do câncer de mama: dormir a noite?

Prevenção do câncer de mama: dormir a noite?

luzO câncer de mama hoje é o principal motivo de morte em mulheres por todo o mundo. O maior risco está em países industrializados. Mas o que será que isso tem em comum com o desenvolvimento do câncer de mama?

Nos países mais industrializados existe maior uso de eletricidade. Pois bem, essa eletricidade serve, principalmente, para ascender luzes durante a noite. Isso pode estar ligado ao aumento da demanda para empregos noturnos, por exemplo. Aqui podemos citar alguns trabalhos: guardas noturnos, enfermeiros, assistentes de eventos, garçons, entre outras inúmeras profissões. Essa mudança na rotina das pessoas faz com que os ciclos naturais do organismo sejam alterados, dentre eles citamos o ciclo circadiano que regula o nosso relógio biológico. Oi? Ciclo circadiano?

Ciclo Circadiano: um ciclo de aproximadamente 24h que é sincronizado de acordo com o claro e o escuro dos dias, que vem da rotação do planeta e seus movimentos em relação ao sol. Células específicas localizadas dentro dos nossos olhos são capazes de reconhecer a luz do dia e enviam sinais nervosos até o cérebro. De lá, essa informação é interpretada em “agora é dia” ou “agora é noite” e o cérebro consegue enviar comandos para todo o organismo, controlando, por exemplo, a regulação da nossa temperatura, a produção de hôrmonios, e o controle do ciclo das células do organismo. Esse ritmo acontece em todos os seres vivos!

Dentre os hormônios que o o nosso organismo produz durante o ciclo circadiano, citamos o hormônio chamado melatonina. Ela é produzida pela glândula pineal, localizada dentro do cérebro, e sua liberação é feita por neurônios em resposta ao escuro (ou a ausência de luz), ou seja, durante a noite, quando estamos dormindo. Dentre as funções da melatonina, podemos citar a sua importância na redução do peso corporal, regulação da insulina e promoção de uma boa e tranquila noite de sono. Isso quer dizer que não só as pessoas que trabalham a noite, mas também aquelas que ficam a noite toda acordada em casa ou não (jogando videogames, vendo TV, festas) possuem uma deficiência na produção deste hormônio, uma vez que ficam expostas a luz durante boa parte da noite.

Além dos efeitos mais bem conhecidos da melatonina, pesquisas recentes sugerem que a ela pode inibir a carcinogênese mamária. Em outras palavras, ela pode interferir no crescimento de um tumor de mama.

Por fim, fica fácil entender a lógica da suposição. O ciclo circadiano é regulado por luz, de acordo com o claro e o escuro do dia. O homem criou a eletricidade e agora possui luz a noite. Essa exposição à luz noturna por muito tempo, faz com que o ciclo circadiano seja dessincronizado ou alterado, reduzindo, por consequência, a produção de melatonina, fazendo com que o organismo seja mais suscetível ao desenvolvimento do câncer de mama.

É claro que os dados com seres humanos ainda são um pouco controversos, mas essa teoria já foi provada em modelos animais, os quais desenvolveram tumores maiores quando passaram noites “em claro” do que animais que passaram noites “em escuro”. Pesquisas atualmente são feitas na tentativa de investigar os benefícios da melatonina como tratamento para o câncer.

O conceito é muito interessante e nos faz repensar em uma série de coisas do nosso cotidiano. E você, vai pensar em mudar de emprego? Vai procurar um médico para curar essa sua insônia? O que está ao nosso alcance para melhorar a nossa noite de sono?

Para os senhores pensarem: Como será então que é o ciclo circadiano de pessoas com deficiência visual? Será que mulheres que não enxergam, e por consequência não detectam a luz, são menos propensas a desenvolver câncer de mama? E o que acontece nos países dos trópicos, onde em determinadas épocas do ano as noites duram mais de 18h e em determinado período do ano menos de 5h? Mas isso tudo é um assunto para um outro post…

Uma boa noite de sono a todos, um abraço!

 

Fonte:

Richard G. Stevens et al, Breast Cancer and Circadian Disruption From Electric Lighting in the Modern World. CA CANCER J CLIN 2013

Cipolla-Neto J et al, Melatonin, Energy Metabolism and Obesity: a Review. J Pineal Res. 2014

 

Se você gostou do que leu, compartilhe 😉

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. 18/09/2014 às 18:31
  2. 15/11/2015 às 16:08

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s