Início > Aprendizado > Os benefícios de ser binlíngue

Os benefícios de ser binlíngue

2013-08-08 13.28.59Voce sabia que as pessoas bilíngues são mais inteligentes? Essas pessoas tem algumas habilidades cognitivas melhoradas além de sofrerem menos com doenças neurodegenerativas como as demências.

Alguns pesquisadores sugerem que no dia a dia os dois sistemas de linguagem se ativam mesmo quando a pessoa está usando apenas um deles, fazendo com que um sistema prevaleça sobre o outro. Isso faz com que o cérebro tenha que se decidir qual sistema é melhor usar em cada situação, o que pode contribuir para que ele fortaleça as sinapses dentro do cérebro.

Além disso, os bilíngues se saem melhor solucionando certos tipos de jogos quebra-cabeças. Isso se deve ao fato de que a experiência de conseguir falar duas línguas fluentemente melhora um sistema importantíssimo do nosso cérebro, que é o sistema que comanda e direciona a nossa atenção para para o planejamento e resolução de problemas. Em outras palavras, ajuda a gente a ignorar fontes de distração nos mantendo mais focado no que estamos fazendo. E se por algum acaso precisamos mudar o nosso foco de atenção de uma determinada tarefa para outra, ainda sim esse sistema nos ajuda a manter as diferentes informações em mente (como, por ex, relembrar uma sequência de direções para chegar até um certo endereço enquanto estamos dirigindo – ok talvez isso já não seja mais muito relevante visto a invenção do GPS mas vocês me entenderam).

Em um estudo feito em 2009 em uma universidade da Itália, bebês de 7 meses de idade de 2 grupos foram comparados entre si. Em um dos outros os bebês foram criados sendo expostos a duas línguas desde o seu nascimento. No segundo grupo, os bebês foram expostos a apenas uma.

Em um primeiro teste, as crianças ouviram um áudio e depois de ouvir esse áudio de repente um fantoche aparecia no canto esquerdo de uma tela. Sendo assim, ambos os grupos de bebês aprenderam a tocar o lado esquerdo da tela mesmo antes de o fantoche aparecer nela em testes posteriores. Já no segundo experimento, apos o áudio o fantoche aparecia no lado direito da tela. O que aconteceu foi que os bebês expostos ao ambiente bilíngue aprenderam mais rapidamente a tocar o lado direito da tela antes dos próximos áudios. Enquanto que os outros bebês demoraram mais para se acostumar com a ideia de que o fantoche iria aparecer no lado direito da tela.

Mas, se você já não é tão jovem assim, e pensa que não pode mais aprender uma outra língua, está muito enganado! Você pode sim, e deve! Pois essas melhoras acontecem também no cérebro mais adulto, ou até mesmo mais idoso.

Isso porque um outro teste foi feito, e aqueles adultos com um nível maior de bilingualismo possuíam maior resistência para desenvolver certos tipos de demência, como o Mal de Alzheimer. Quanto maior era o nível de bilingualismo, mais tarde os sintomas apareceram.

So, let’s study!

Li aqui.

 

Se você gostou do que leu, compartilhe 😉

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s